Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

"Pinturas" e "pintores"

Em fevereiro deste ano publiquei um post intitulado “Miró” onde brincava com o caso das pinturas que pertenceram ao “espólio” do BPN, caso que na altura estava na berra, nos meios de comunicação. Aproveitei para apresentar algumas “obras” minhas a que chamei “os meus miroses”.  Quase seis meses passaram e há dias apareceu nesse post um comentário (aliás simpático) dum senhor que não conheço e que deixou a direção de dois sites e fui lá meter o nariz. Trata-se duma conversa/entrevista com o alemão Wolfgang Beltracchi que pintou/falsificou à volta de dois milhares de quadros de pintores famosos, que lhe renderam bom dinheiro. Acabou por ser descoberta esta sua faceta de falsificador e eu não vou aqui contar toda a história dele, mas deixo no final os links dos sites onde ela se pode ler.

Fiquei intrigado sim com o facto de o meu “comentador eventual” me ter “batido à porta”. (Entenda-se: ter vindo até ao meu blog). Suponho que deve ter acontecido o seguinte: essa pessoa deveria andar à procura, na net, de “coisas” sobre Miró e no meio de milhentos sites terá aparecido o meu post que se intitulava exatamente “Miró”. Deve ter ficado espantado porque, logo a abrir,l eu mostro uma bela açorda de camarão, que lhe deve ter aberto o apetite e acabou por dar uma vista de olhos no post e deixou o comentário.

Voltando ao sr. Beltracchi: às tantas da conversa ele diz mais ou menos isto:

“eu só pintava quando precisava de dinheiro. Então apareceram uns tipos portugueses que me encomendaram uns 9 ou 10 quadros de Miró. Depois vim a saber que foram incorporados numa coleção de outros quadros de Miró que pertenciam a um banco e ninguém percebeu as diferenças, incluindo o especialista em arte contratado pelo banco”. E termina com um “elogio” cá para a malta: “… mas toda a gente sabe que é muito fácil enganar os portugueses…”

 

A piada disto também está no facto de eu, numa resposta a um comentário no referido post, ter deixado a pergunta: “e se os quadros fossem falsos?”

 

Deve ter sido a minha costela de “pintor plagiador” a falar, ah, ah, ah.

 

Links:

 

 http://forgedmiro.pen.io     (é a entrevista, em inglês)

 

http://www.istoe.com.br/reportagens/195045_O+GRANDE+GOLPE+DA!

 

   (que é um artigo da revista VEJA sobre o assunto)

 

 http://carapaucarapau.blogs.sapo.pt/miro-84490  link do post “Miró”

 

 

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.        

 

publicado por Carapaucarapau às 16:31
link do post | favorito
De Labirinto de Emoções a 4 de Agosto de 2014 às 10:57
Ora então vamos lá às pinturas....
1. Não gosto do Miró!
2. Falsificado ou não...continuo a não gostar
3. Não conhço as falsificações do Wolfgang Beltracchi
4. Como não distingo uma obra falsa de uma verdadeira...antes quero o outro Wolfgang sempre me dá musica e gozo muito mais..:-))))
5. Tambem tenho um Picasso que não é verdadeiro e não me ralo nada. gosto dele que me farto...
6. Conheço o falsificador de ginjeira, mas não digo quem ele é...
7. Se o denunciar... nunca mais tenho obras falsificadas, lool
8. Se os Mirós pertenciam ao "espólio" do BPN...qual será o "espólio" do BES???
9. Por fim continuo a não gostar do Miró, seja original, seja falsificado
10. Isto não são os 10 Mandamentos... (ou eu seria a falsificação do Moisés).

Beijoquinhas doces bem originais e sem serem falsificadas..:-))))))))))


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

.arquivos

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds