Quinta-feira, 22 de Maio de 2014

O inesperado

1

2

 

Poucas coisas são tão inesperadas como o inesperado. Esta frase duma filosofia tão profunda, saltou-me logo à ideia quando me preparava para escrever este post.

A coisa começou assim.

Estava em casa com frio e com sono, quando achei que o melhor era passar pelas brasas com uma manta por cima. Para já veja-se o perigo: um Carapau a “passar pelas brasas” e ainda por cima embrulhado numa manta. Um perigo que obrigaria a pôr os bombeiros de prevenção, não fora o caso de, na altura, nem me ter apercebido disso.

Portanto, inclinei o espaldar da cadeira até ficar quase na horizontal (já duas vezes aqui fiz referências às minhas cadeiras, a ex e a atual), puxei a manta até às guelras e assim fiquei a olhar para o teto. O teto é branco, liso e sem nenhum motivo atrativo e desviei os olhos para o lado. E “para o lado” ficam umas tantas estantes a abarrotar de livros. Não, não se trata duma “biblioteca”, mas tão sómente duns tantos livros que fui adquirindo ao logo da vida. Perto de mim, ficam os livros técnico-profissionais, que já não desfolho há muito. Li-lhes as lombadas, recordei alguns episódios ligados a eles e “varrio-os” com o olhar. Na prateleira logo acima alguns livros de e sobre pintura e desenho. Entenda-se: sobre a técnica da pintura e do desenho, ou melhor sobre as várias técnicas. Dum tempo em que ainda me agarrei aos pincéis, mas a vontade nunca superou a falta de jeito e de técnica, mas sobretudo de imaginação.

Foi então que numa lombada “magrinha” apertada entre outras mais opulentas li um nome: Miró.

Miró? Um livro sobre o Miró aqui? Como terá vindo aqui parar? Lá se foi o descanso. Endireitei o espaldar da cadeira, arranquei o livro da estante e era mesmo sobre o Miró. Nada menos de umas 65 reproduções de obras do artista. “Querem ver que é a famosa coleção do BPN aqui escondida, para eu a vender à socapa?”. O livro deve ter sido comprado num saldo qualquer da FNAC, considerando o preço que ainda tem marcado. Não me lembrava minimamente dele.

Nesta altura lembrei-me que tinha de escrever o post semanal (tradição oblige…).

Estava feito. Contava esta aventura do Miró que me tirou o sono, apresentava 2 ou 3 reproduções do livro e estava feito o negócio. O meu “negócio” do post, é claro, que o “outro” não se sabe ainda como vai acabar, como acontece com todos os “negócios” que metem portugueses. Nem ao Miró dão descanso. Por mim, vou já entalá-lo entre os outros dois calhamaços para não se poder mexer e dar nas vistas…

 

Quanto aos quadros apresentados, dizem os entendidos, que são da série “Constelações”. O 1º chama-se “Mulher com Sovaco Louro Penteia o Cabelo à Luz das Estrelas” (e aqui para nós, que o Joan Miró não nos ouve, nem precisava dum título tão explicativo, pois está-se mesmo a ver o pente…). O 2º tem por título “Acordar ao Amanhecer” e, aqui sim, já era conveniente mais informação pois ficamos sem saber se é o acordar da mesma mulher ou de outra. Pelo sovaco, parece ser a mesma, mas nunca fiando…

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.    

publicado por Carapaucarapau às 13:43
link do post | favorito
De Labirinto de Emoções a 25 de Maio de 2014 às 18:32
Querido Carapau...
Se eu te disser que hoje almocei carapaus assados na brasa com uma bela salada, não levas a mal pois não???
Se levares paciência...souberam-me tão bem, e ao come-los, lembrei-me que ainda não te tinha comentado..:-))) e aqui estou eu!
Olhar para o tecto...consoante as situações..às vezes até é bastante prazeroso...mas adiante...vamos lá ao Mitro!
Já uma vez disse, sobre um outro post que fizeste sobre ele, que não gosto...
Olho...olho...e não vejo nada (se calhar ao 3ª dia, os olhos deixam de ficar inchados e já vejo alguma coisa..:-)))
Nem pente, nem sovaco louro, nem cabelos nem sol...(até pareço o J.Jesus na exposição da Paula Rego) mas se o Miro diz que lá está, é capaz de ser verdade..:-)))
É pena teres largado os pinceis e os lapis de cores, porque até tens imenso jeito..:-)))
Beijinhos em ti, sem ser a olhar para o tecto..:-)))


De Carapau a 25 de Maio de 2014 às 22:02
Resolvi não responder a provocações do tipo "comi ao almoço carapaus assados". Oxalá nunca engulas nenhuma espinha. :)
Quanto a filosofar de "papo para o ar" (é assim que se olha para o tecto e escrevi agora tecto e não teto, pois teto é um mamilo) é uma boa posição para descansar e até pensar na obra do Miró. Não é a minha praia, mas que era tipo de pancada alta lá isso era.
Quanto aos meus pincéis...estão arrumados, embora lá para Agosto, é provavél que agarre num para pintar um muro... :))
Bjo.


De Maria Teresa a 27 de Maio de 2014 às 16:54
Pinta! Pinta! E depois mostra a obra mesmo que seja idêntica a uma tela em branco :)))

Chuaaaaaaac!!!!!!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

.arquivos

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds