Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

Dicionário (3)

 

 

Como resultado de mais uma pesquisa do Carapau pelo mundo subaquático, apresenta-se  uma nova lista de palavras, que além de representarem peixes e outros animais que vivem na água, tem outros significados.

 

Baleia – constelação austral.

Barbo – tumor que nasce debaixo da língua dos cavalos.

Camarão – gancho com que se suspendem do tecto candeeiros, lustres, etc; antigo vaso de loiça; certa qualidade de pregos.

Cadelinha – cadela pequena; cachorra.

Caranguejo – placa giratória para deslocar vagões nos caminhos-de-ferro; espécie de grampo com vários ganchos para levantar fardos; variedade de ameixa; abrunho grande; signo de Câncer, constelação.

 Caranguejola – armação de madeira que está pouco firme; amontoado de coisas sobrepostas e pouco seguras; carruagem velha; carripana.

Carpa – árvore armentácea; acção de carpir a cana sacarina; (Bras.) limpa, monda.

Chicharro – (alma de…) pessoa de carácter frouxo; indolente.

Choco – diz-se do ovo em que se está desenvolvendo o germe ou que apodreceu; estado febril das aves quando estão no período de incubação; (fig.) goro, estragado; o acto de chocar; o período da incubação.

Craca – nome de uma planta leguminosa; parte concava das  colunas estriadas.

Enguia – pessoa muito magra, delgada, escanzelada; pessoa muito ágil que não se deixa agarrar.

Espada – arma; a vida militar; matador de toiros; individuo exímio em qualquer coisa; automóvel de linha aerodinâmica; um dos naipes doa baralhos de cartas.

Faneca – castanha chocha; pedaço de pão, naco; magricela.

Golfinho – cada uma das asas das antigas peças de artilharia, que facilitavam o seu desmonte.

Lagosta – estalo, bofetada (gir.).

Ostra – assento preso à parede dos anfiteatros nas casas de espectáculo (Bras.).

Pregado – que tem pregas; pregueado.

Safio – diz-se dos chibos e cabras de pêlo curto.

Tamboril – pequeno tambor; planta leguminosa (Bras.).

Xarroco – dedeira com que os ceifeiros resguardam da foice o dedo polegar da mão esquerda (Alent.).

 

E agora, para mostrar como é, um pequeno texto onde o Carapau emprega todas estas palavras.

 

A ti’Maria ainda gritou para as filhas não se esquecerem dos xarrocos, quando elas saíram para a ceifa, a correr, logo que ouviram o rufar do tamboril que o Ruivo tocava empoleirado na caranguejola onde levava as raparigas. Sempre bem disposto,ou não fosse ele do signo caranguejo, como estava sempre a dizer. Teve de sair ela também a correr para lhos levar, e depois na volta, com os bofes a saírem pela boca por causa da corrida, ainda teve de ouvir o bêbado do Zé Preguiça que parecia uma ostra, agarrado com uma mão às cracas da coluna que havia à entrada da taberna, e com a outra agarrado à garrafa. Apeteceu-lhe dar duas lagostas no bebedolas, mas olhando para o rosto pregado do velho, passou sem ligar importância.

 Ao chegar a casa comeu uma faneca com um nico de toucinho e ainda veio à porta para ouvir uma vez mais o vizinho, o Zé Espinha, que era uma verdadeira enguia. Lá teve de ouvir a história dele, que gostaria de ter sido espada, mas a verdade é que tinha medo dos toiros. O coitado do Zé era um chicharro sem préstimo. Não valia mais que um ovo choco. Foi até ao quintal onde a cadelinha a recebeu aos saltos e latidos, agarrou na alfaia que sempre pendurava num camarão na porta da barraca, e pôs-se a sachar os feijões e a fazer a carpa aos tomateiros. Depois tratou da cabra safio e do cavalo, que não comia por causa dum barbo que tinha na boca e pensou que era melhor chamar o veterinário. Que era bom sujeito e brincalhão, mas que também tinha a sua pancada pela artilharia e pelos astros, a falar sempre em golfinhos e baleias. Mas tinha que o aturar.

 

publicado por Carapaucarapau às 11:46
link | comentar | favorito
3 comentários:
De Maria a 31 de Outubro de 2008 às 20:55
Gostei do jogo de palavras. Vou ficar fã do blog


De Maria Araújo a 2 de Novembro de 2008 às 00:53
Olá.
Sempre que leio os teus posts, fico quase petrificada a olhar para o que escreves.
Admiro o modo como trabalhas as palavras, sempre dentro do tema "peixes".
Este não ficou nada atrás dos anteriores.
Sinceramente, não sei como ainda não apareceste nos blogs em destaque do Sapo.
Acho que o merecias, por que além de seres um homem cuto, valorizas a língua portuguesa.
Parabéns, amigo.
Hoje nem sei comentar o blog.
Um beijinho.


De Tretoso_Mor a 4 de Novembro de 2008 às 18:47
carapaucarapau,

Cheguei aqui por recomendação da nossa mui estimada Cantinho da Casa.

Fantástico.
Parabéns pela perícia a trabalhar as palavras.

Um gandabraço.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. E vai (mais) um...

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

.arquivos

. Dezembro 2019

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds