Quinta-feira, 21 de Junho de 2012

Sonho

 

Sonho poucas vezes, mas nestes dias em que ando meio adormecido e de noite não durmo tão profundamente como é habitual, tenho uns sonhos meio malucos de que, em geral, nem me lembro ao acordar. Há dois dias tive este:

Sentados a uma mesa cujo tampo é um tabuleiro, que no sentido norte-sul serve para jogar o xadrez e no sentido este-oeste serve para jogar as damas, estão sentados, no sentido dos ponteiros do relógio, estes personagens:

Deus, o Pílulas, o Outro e Eu. Nunca nos tínhamos visto assim cara a cara, apresentamo-nos, por graça perguntei ao Pílulas se ele era Pílulas Só ou Do Dia Seguinte, gracejei com Deus dizendo-lhe que estava com aspeto jovem, assim com a barba bem aparada e cabelo bem tratado e ao Outro não disse nada porque, como se veio a verificar, era de poucas falas. Em cima da mesa estava um baralho de cartas, que já lá se encontrava, cartas que o Outro logo agarrou e se pôs a baralhar.

- Vamos jogar? – perguntei ao ver os outros a ajeitarem-se nos bancos.

- Por mim… - responderam em coro bem afinado.

Então o Outro deixou de baralhar as cartas e passou a contá-las.

- Trinta e oito só. Faltam duas. – E passado um minuto, acrescentou: - o rei de espadas e a dama de copas.

- Olá! – disse eu. Cheira-me que vamos ter aí um caso. E pisquei um olho para a minha esquerda, mas não fui correspondido.

Procuramos debaixo da mesa, nos bancos e por ali à volta e não apareceram. Estivessem onde estivessem, achamos bem não as incomodar e ficou sem efeito a hipótese de jogarmos a sueca.

- Então resolvi perguntar: - alguém sabe porque se chama jogo da sueca?

 Três ignorantes olharam interrogativamente para mim, dizendo dessa maneira que não sabiam, mas estavam prontos a ficar a saber.

- Eu também não sei. Aliás de suecas sei pouco, quase nada. Que me lembre conheci três, que é como quem diz conheci só uma dessas três e mesmo assim, mal.

Como nenhum dos três disse nada, nem estavam para grandes conversas eu achei que tinha de fazer a despesa da conversa e continuei:

- A primeira, era eu um jovem, chamava-se Selma Lagerlof e fiz “A Maravilhosa viagem de Nilson Holgersson através da Suécia”, agarrado à cintura dele que ia aos comandos do ganso.  Andava eu no liceu e tive de ler o livro, ou pelo menos parte dele; fez parte da leitura obrigatória em português.

A segunda foi uma senhora chamada Ingrid Bergman e vi-a diversas vezes (ela é que nunca me viu). De vez em quando ainda a revejo em Casablanca onde volta para encontrar o Humphrey Bogart, que não é sueco.

A terceira, foi a única que conheci pessoalmente, era amiga dum amigo meu, estudava literatura portuguesa e um dia apareceu-me com “A casa de Romarigães” do Aquilino, debaixo do braço, tinha as três ou quatro primeiras páginas com mais de metade das palavras sublinhadas e pediu-me para lhe explicar o significado delas. De “pinchalorou” a “casamata” lá fui vendendo o meu peixe.

Olhei para os outros parceiros e viu-os tão interessados na minha conversa (estavam quase a dormir), que resolvi calar-me e mexer-me no banco.

Julgava eu que era no banco, mas era na cama. Estava a sonhar, abri um olho, vi a luz do dia através da persiana mal fechada e levantei-me.

Talvez na praia venha a encontrar mais alguma sueca mas, pelo que tenho visto, só se for em adiantado estado de uso…

 

 Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.        

publicado por Carapaucarapau às 23:56
link | comentar | favorito
8 comentários:
De Maria Araújo a 22 de Junho de 2012 às 17:48
Esta noite tive eu, 2 pesadelos bem malucos.
Mas as tuas suecas, estão muito bem contadas. Fizeste-me voltar atrás no tempo em "A Casa Grande de Roamrigães", obra da minha Literatura Portuguesa.
Quanto à Ingrid, e a sempre actual Casablancom nem se fala. A 1ª, a Selma, acho que não a li. Mas conhelo, qq coisa.Bom São João (hj tenho um arraial na escola, raios).
Amanhã aqui em Braga, mas não costumo sair de casa. Vamos ver no que vai dar. É sabádo, pode ser que me apeteça ir para a folia:
Bom, e como suecas, só mesmo o jogo, e mal, acho que vou mais por esta.
Quanto à sueca da praia, substitui por uma portuguesa. São mulheres de raça.
Beijinho


De Maria Araújo a 22 de Junho de 2012 às 17:50
Caraças.
Não sei o que aconteceu ao tecla, devia ter dado um salto, ahahaha, e o texto saiu trocado.
Tu entendes.
Bj


De Carapau a 27 de Junho de 2012 às 00:29
Eu entendo tudo. Aliás quase tudo, porque as suecas, p. ex. não as entendo. :)
Bjo.


De maria teresa a 24 de Junho de 2012 às 08:37
O “sonho” li com atenção
Mas o que mais me chocou
Foi a tua admiração
Pela sueca que restou

Nunca sonhei com um sueco
E com três ainda menos
Estou feita num enorme “faneco”
Por não ter sonhado, nem vê-los


De Deus nunca mais falaste,
Do Outro também nada vi
O Pílulas logo abandonaste
Contigo, um Carapau, convivi

Tem cuidado Carapau
Suecas há as aos montes
Andam por aí à procura de “miau”
Que ronrone e dê presentes!

Quem te avisa é tua amiga
Não caias na ratoeira
Há muito tipo de “cantiga”
Que gosta de ver a carteira

Com esta me vou embora
Sei que és ajuizado
Mas, pelo sim, pelo não
Mais vale deixar recado

Ó Carapauzinho, gostei de fazer “isto” parece que a minha “maluqueira” está a voltar ao lugar rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.
Beijocas


De Carapau a 27 de Junho de 2012 às 00:57
Ou por falta de inspiração,
Ou por estar desabituado,
Mesmo com toda a atenção
Estou um bocado atrapalhado.

Nem as suecas são as culpadas
Desta falta de “desenrascanso”.
As coisas por aqui estão tão mudadas
Que a culpa é mesmo do descanso.

E assim, enquanto eu preguiço,
Deitado no extenso areal,
Há quem faça melhor que isso
Montando garboso animal.

“Bonito” se chama o animal
Que fica sempre bem na fita.
E a cavaleira, mais não é afinal,
Aquela ali…a mais bonita.

Agora é que eu vou sonhar,
Não sei se com “ele” se com Ela.
Mas com “A arte de cavalgar…
(Do D. Duarte)…a toda a sela”.


De Anónimo a 27 de Junho de 2012 às 20:47
Amigo Carapau

Mas que belo sonho, ou melhor, que delícia de texto relatando um sonho...

As personagens muito bem escolhidas, o cenário, os adereços, a sueca que não chegou a ser jogada, as 3 suecas que se resumiram a "nenhuma", tudo perfeito.

Não percas a esperança, é a última a morrer, não é o que dizem? Pois garanto-te que ainda hás-de conhecer uma bela sueca, em bom estado, dentro do prazo de validade e a quem hás-de vender o teu peixe (ou não fosses carapau...) explicando-lhe os pincharolou(s) as casamata(s) e muito mais...

Adorei ler-te.

Beijinhos




De Anónimo a 27 de Junho de 2012 às 20:48
Carapau

O comentário anterior era meu, de Tétis, de "Um Farol chamado Amizade".
Desculpa mas não estou habituada a estes blogues.

Tétis


De Carapau a 29 de Junho de 2012 às 00:52
Obrigado pela visita. Não tenho passado pelo "Farol", porque estou agora junto dum outro farol que me deixa pouco tempo livre. E o estudo da língua sueca também... :)
Mas daqui a dias já ponho as visitas em dia.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. E vai (mais) um...

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

.arquivos

. Dezembro 2019

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds