Quinta-feira, 24 de Maio de 2012

Palradores e outros

 

  

Do papagaio...

 ... ao grilo

 

“Palram pega e papagaio

E cacareja a galinha.

Os ternos pombos arrulham

Geme a rola inocentinha.

….”

 

A quantidade de pegas e papagaios palradores que andam por este mundo de Cristo a poluírem o éter com os seus pal(r)eios, é aflitiva

Já não os aguento. (Na verdade já nem os ouço há anos). Sabem tudo de tudo, repetem a cassete diariamente, às vezes mais de uma vez por dia e ainda por cima com o ar sério de quem diz coisas importantes.

“Importante” é aliás uma palavra recorrente: “mas ouça isto agora que é importante”.

Deve ser, mas já não compro o artigo.

Depois também há as galinhas cacarejantes (e aqui o animal não tem só conotação feminina. Há mesmo mais galos a cacarejar que galinhas), como que a dizerem que puseram um qualquer ovo. Que não serve para fazer omeletas, pelo que é tudo pura perda (de tempo).

Mal por mal, antes os “ternos pombos que arrulham” ou as “gemebundas e inocentes rolas”.

Aos asnos que julgam falar, prefiro o zurro honesto e franco dum burro, mesmo que às vezes rebusne e zorne.

Dos camelos prefiro os do deserto, dos que blateram com firmeza.

E que dizer aos gafanhotos que saltam dum sítio para o outro, que não sabem nem ziziar nem zumbir, mas que em grupo, tudo devoram?

Piores ainda que corvos ou milhafres que se limitam a crucitar.

Das velhas (e novas) raposas que tudo surripiam mesmo sem saberem regougar que dizer? Que prefiro o uivo avisador do lobo esfaimado.

E as venenosas serpentes que, sempre pela calada inoculam veneno, tendo deixado se silvar, assobiar ou mesmo fungar?

Prefiro os grilos que estrilando, trilando ou tritilando, servem pelo menos para dar uma ideia da temperatura ambiente. ***

E por aqui me fico, não vão as pessoas julgar que isto virou jardim zoológico (já basta o nome do blog).

 

*** Para não se perder tudo deste post, aqui fica esta informação.

 Há diversos estudos que relacionam o número de griladas por minuto dos grilos, com a temperatura ambiente. Por curiosidade deixo aqui só uma fórmula que faz esse relacionamento e que serve para os curiosos a poderem verificar, quando entrar o verão e estiverem a descansar à sombra. Ouçam os grilos, contem o número de grilados durante um minuto e calculem a temperatura ambiente pela fórmula: T=(N+30)/7.

T= temperatura em graus centígrados e N = nº de griladas por minuto.

(Traduzindo para “matemáticoexcluidos”: ao número de griladas num minuto adicione 30 e divida esse total por 7). Ex. se contar 138 griladas num minuto, a temperatura ambiente é de 24ºC.

Abaixo dos 12º os grilos não "funcionam". Eu também não.

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.        

publicado por Carapaucarapau às 13:29
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. E vai (mais) um...

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

.arquivos

. Dezembro 2019

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub