Sexta-feira, 10 de Setembro de 2010

Coisas da net

Como toda a gente sabe, ou porque já lhe aconteceu alguma vez, ou porque leu ou ouviu contar, passam-se na net coisas do arco da velha e muitas vezes mesmo do arco da nova, se é que a nova também tem direito a arco.

Aqui vou só contar duas ou três com alguma piada, que me aconteceram neste blog.

Há uns tempos atrás, concretamente no post nº 99, intitulado “Encher pneus”, expressão que é sinónima, como toda a gente sabe, de “encher chouriços” ou falar muito sem dizer nada, apareceu-me, além dos comentários das pessoas que costumam por aqui passar, um dum ilustre desconhecido, a dizer que tinha gostado muito, blá blá blá pardais ao ninho, comentário de circunstância.

Tinha um link associado ao nome dele. Por curiosidade segui o link para ver se seria alguém “conhecido”. Fui…e cheguei a um site duma casa de venda de pneus novos e usados!!!

Achei piada, há tipos que fazem tudo pela vida, seja vender pneus, seja fazerem carapaus de escabeche ou joaquinzinhos fritos com açorda. Vida a quanto obrigas!

 

O outro caso passou-se mais recentemente (post 116 – Série B-1) onde apareceram dois comentários assinados, um por “cultura spagnola” e outro por “feromoni”. Segui os links e o 1º manda-me

“Vivere a Madrid” e o outro, também um comentário de circunstância, mandava-me para este sítio (aconselho a darem uma vista de olhos a este link, antes de continuarem a leitura, para melhor perceberem a continuação do post).

 

(Pausa para seguirem o link…

Já regressaram? Então continuemos).

 

Claro que também me ri com isto, quer a ideia tenha sido de um vendedor, quer tenha sido de alguém a gozar comigo. Tem piada e não ofende!

Mas, claro, fiquei a matutar: se em relação aos pneus era grande a probabilidade de eu ser um potencial comprador (quase toda a gente tem carro, logo precisa de pneus), já quanto a este terceiro caso quem terá dado o palpite que talvez o Carapau precisasse dum “elargement”? Que tanto pode ser no comprimento como no diâmetro. É que não dei conta de ninguém me ter vindo tirar as medidas…

Mas ri-me e ao mesmo tempo lembrei-me dum caso, passado há uns anos, contado pelo Dr. Adolfo Rocha, que não era outro senão o escritor Miguel Torga, a alguns colegas que tinham consultório no mesmo andar, em Coimbra. Um amigo meu que na altura estagiava lá em radiologia e que ouviu a história, contou-ma no dia seguinte. E contou-a assim, mais ou menos, o Miguel Torga:

“Quando me dirigia agora aqui para o consultório, uma mulherzinha que estava ali à esquina, pediu-me uma esmola e eu dei-lhe uma moeda. Então ela agradeceu-me, dizendo-me: “obrigadinha Sr. Dr. Deus lho acrescente!” Eu achei graça ao agradecimento e respondi-lhe: Deus mo acrescente, não. Deus mo endireite, que comprimento tem ele”.

 

Fiquei a matutar se eu deveria ter respondido da mesma maneira ao engraçadinho ou ao vendedor que me deixou o link, mas fiquei a pensar que se calhar ele não sabia quem era o Torga, e então deixei-o “encostado ao balcão” à espera da minha visita…

 

 

publicado por Carapaucarapau às 13:52
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

.arquivos

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds