Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Programa eleitoral

 

 

“Elas” estão aí à porta e a carapausada reuniu-se em assembleia, alargada a outros peixes independentes que também querem comer umas navalheiras sem se comprometem (na esperança de um dia também poderem comer amêijoas, ou ostras ou mesmo mexilhões, mantendo sempre a “nobreza de carácter” dos “independentes”), para discussão e elaboração do nosso programa.

A discussão só não foi acesa porque aqui é difícil acender o lume e alimentar a chama e também porque ninguém quer ficar mal visto, não vá ficar fora das listas, seja lá isto o que for.

Depois de muita peixeirada (nem outra coisa era de esperar) de muitos arranjos e re-arranjos lá se chegou a um “memorando de entendimento”, o que quer dizer que todos ficaram lixados com todos, mas fazendo o possível para não o darem a entender, sempre com vista a “uma vida melhor”.

Enfim lá se terminou o nosso programa, que agora aqui vou apresentar nas suas linhas mais gerais.

As quatro linhas principais vão ser a do Norte, a do Sul, a da Beira Alta e a da Beira Baixa (com forte contestação dos da linha de Cascais que achavam que a deles devia ter prioridade. Os das outras linhas calaram-se, na esperança de virem a ser beneficiados com o TGV -Todos Gostam de Vetar - mas vão-se lixar porque não vai haver disso para ninguém. Aqui não há direito de veto).

Outras linhas que estão no programa, a que poderemos chamar de “ramais” são, a saber:

·        Ramal de apoio social: será distribuída diariamente uma ração de leite e mel a quem provar que não tem abundância disso lá em casa. Para o efeito serão feitos contratos promessa com várias colmeias e com algumas reconhecidas vacas da nossa praça.

·        Ramal de apoio aos que trabalham: vamos garantir a todos os que ainda trabalham, bilhetes de ida, em classe turística, para qualquer parte do mundo, de modo a que não tenhamos dentro de portas maus exemplos. A quem não aceitar estará garantida a prisão por períodos de 6 meses, renováveis por iguais períodos até atingirem a idade de reforma (altura a que passarão a ter direito às regalias do ramal anterior).

·        Ramal de apoio aos que passam a vida a polir esquinas: serão garantidas esquinas ainda virgens (já temos contactos com algumas remotas ilhas da Polinésia para o efeito) de modo a que não falte nada a ninguém.

·        Ramal de apoio à terceira idade: todos os que se aguentarem nas canetas terão direito à quarta idade, mesmo aqueles que já são da idade da pedra lascada.

·        Ramal de apoio aos jaquinzinhos: nova legislação com a malha mais apertada de modo que só possam ser comidos quando o declararem (este ponto foi muito discutido porque havia os que os queriam com açorda e outros com arroz de tomate. Perante as posições irredutíveis destes dois grupos, ficamo-nos pela malha…)

·        Ramal de apoio à mulher que não consegue apanhar um homem: serão fornecidos “laços” especiais e haverão sempre por perto pelo menos duas das que já não consigam aguentar os que lhe saíram na rifa. Promoveremos deste modo a rotatividade, a contento das partes, para que as todas as partes fiquem consoladas.

·        Ramal de apoio aos homens que queiram desistir de o serem: na medida do possível, podendo inclusivamente ter de se recorrer à importação (de onde, é um problema que só com o tempo poderemos resolver), vamos fazer o possível para lhes fornecer o “mel e o leito” necessário a fim de não se verem obrigados a recorrer às praias, parques e outros locais menos seguros.

·        Ramal de apoio a todos os outros necessitados: um passe para poderem viajar no ramal do Seitil (para quem não conhecer recomendamos que se informe aqui).

 

Estes alguns dos pontos desenvolvidos no programa e que aqui deixamos só à guisa de exemplos.

Bem o poderemos afirmar, vai haver de tudo para todos e tudo do bom e do melhor.

Portanto…

 

Nota final: escusado será dizer que tudo isto é muito trabalhoso e dispendioso, pelo que, uma vez que não temos uma quinta à medida para fazer “aquela festa” para recolha de fundos, nos vemos obrigados a apelar para a melhor boa vontade dos nossos amigos-camaradas-companheiros no sentido de nos fazerem cá chegar “ao fundo” os fundos possíveis (aceitamos tudo desde dinheiro a “coisas”; aceitamos mesmo qualquer coisinha desde que (ainda) em bom estado).

 

publicado por Carapaucarapau às 01:10
link do post | favorito
De Maria Araújo a 2 de Setembro de 2009 às 00:31
5*****
Adorei, mas diz-me "Hà vacas e colmeias no teu mar?

Mas o teu programa está muito interessad. Pleo menos preocupaste-te com os ramais de apoio à mulher que não consegue apanhar um homem, e o dos homens que queiram desistir de o serem.
Justo, bastante justo.
Por que não te candidatares a deputado como Não há-de faltar muito tempo que serão mais os independentes que os filiados em...
Beijinho


De Carapaucarapau a 2 de Setembro de 2009 às 01:10
No meu mar há de tudo. Peixes é que já vai havendo poucos...
Bjo.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

.arquivos

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds