Quarta-feira, 11 de Março de 2009

Declaração

 

 

 

 

A propósito de uma lei que vai ser discutida na AR, o PGR foi ouvido e disse coisas bonitas sobre a dita cuja. Desde vírgulas fora do sítio, a palavras que não existem e a artigos que pura e simplesmente não tem nenhum valor jurídico, parece que aproveitou a ocasião e “deu uma aula de português” no dizer de alguns jornalistas.

Sabendo o Carapau virgula das barafundas vírgula que se passam na casa do senhor PGR, que como sabem é a PGR, com processos que prescrevem, com atrasos monumentais noutros para se candidatarem à prescrição, com as constantes violações do segredo de justiça, apetece perguntar por que razão o senhor PGR não deixa o casinhoto e não volta a ser professor de português (e bom ao que parece), cargo que aliás já exerceu (obtive esta informação em círculos próximos mas não a confirmei)?

E que bom que seria, para todos nós, se tanta e tanta gente mudasse de lugar e de profissão. Assim, só como exemplo, o nosso Primeiro podia bem ir para Décimo Nono (e mesmo assim era bem capaz de ainda ganhar a corrida, o que mostra o nível da “prova”), o da Justiça podia ir para, ora deixem pensar… para fabricante de ginjinha, o Bento dos verdes podia ir para os azuis do norte para ganhar alguma coisa na vida, aquele rapazinho rechonchudo que escreve colunas sociais podia ir para Margarida dos Canaviais, porque já tem os trejeitos todos, o Carapau podia ir para músico, para poder meter a viola no saco, pelo menos de vez em quando, o Polvo podia ir para Primeiro, porque encontrava já o trabalho bem avançado e os tentáculos bem desenvolvidos, o manelzinho da economia devia ir embora para qualquer outro sítio onde ainda houvesse economia para dar cabo dela, a minha vizinha de cima devia ir para outro prédio para não me moer o juízo com o barulho que faz, a minha prima devia deixar o zéquinha dela em paz senão gasta-lhe as pilhas muito depressa, e arranjar antes um francisquinho sem pilhas, e tantos outros podiam e deviam trocar de lugar para serem mais eficientes.

O único que eu conheço que está no lugar certo é um outro meu vizinho, que é marceneiro e que quando pergunta ao ajudante “então Zé já acabaste o trabalho?” recebe sempre a mesma resposta “sim patrão, já lixei isto tudo”.

“Óptimo! Então vamos almoçar.”

 

Para os devidos efeitos declaro que não queria dizer nada do que disse, quando peguei no assunto do procurador, mas a incompetência e os ventos (ou a incompetência dos Bentos…) acabaram por me levar a escrever o que ficou aí atrás. Prometo que continuarei a ser incompetente, para não sobressair e não dar nas vistas...

Assinado: Carapaucarapau.

 

publicado por Carapaucarapau às 11:30
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

.arquivos

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds