Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

Sexo (I)

 

Dois acontecimentos recentes, um relacionado com a foto acima publicada (quadro “A origem do mundo” de 1866 do pintorGustave Courbet) e que ilustrava a capa de um livro que foi apreendido durante uns dias por estar exposto ao público numa feira do livro em Braga, e outro sobre educação sexual que pode ler neste cantinho, lembraram-me um estudo que em tempos o Carapau fez sobre os sexos. Sobre os dois sexos “clássicos”, já que agora parece que há três ou mesmo quatro, conforme os pontos de vista.

Neste post irei tratar só do sexo feminino e noutro tratarei do masculino. Juntar os dois num mesmo post poderia parecer que o blog se tinha transformado na casa da Joana e isto é um assunto muito sério e sobretudo fruto de muito trabalho de investigação, onde se tem de ir ao fundo da questão, às vezes em apneia, outras vezes com escafandro para maior segurança do mergulhador, sobretudo quando mergulha em fundos que não conhece bem…

Não se vai propriamente fazer uma descrição do aparelho sexual feminino, que isso pode-se ver em qualquer sítio, nem tão pouco teorizar sobre a educação sexual, que hoje já é feita nas escolas, enquanto ontem se fazia nos prostíbulos, nos currais e na casa da já citada Joana…

O estudo, com recolha de dados quer por via oral (…), quer folheando velhos e novos calhamaços catando uma palavra aqui e outra ali, diz respeito somente às diversas formas por que é designado o órgão sexual feminino. Aquele que está à vista de toda a gente no quadro que acima se reproduz.

A língua, que neste (e noutros) assunto tanta importância tem, vai evoluindo e todos os dias aparecem novas designações. Esta obra é portanto uma obra sempre incompleta e sempre em evolução. Na época da informática certamente todos os dias se farão uploads e downloads e se ligarão novos periféricos, ainda que o hardware seja sempre o mesmo. Já no software a evolução é constante…

Esta longa explicação, que no caso presente é mesmo uma introdução feita com todo o cuidado para não ferir (susceptibilidades), foi a preparação julgada necessária para poderem usufruir em plenitude da imensa sabedoria que a seguir vos espera. E a preparação nestes casos é muito importante.

E, não esqueçam, isto é um trabalho cientifico…

 

Diversas designações do órgão sexual feminino:

 

 

1 - Amêijoa

2 - Bacalhau

3 - Berbigão

4 - Berbigo

5 - Boca

6 - Boca do corpo

7 - Boca sem dentes

8 - Boceta

9 - Buraco

10 - Caixa de esmolas

11 - Chibiu

12 - Chochota (xoxota?)

13 - Cona

14 - Conaça

15 - Crica

16 - Fanesgo

17 - Gaita-de-beiços

18 - Garagem

19 - Garagem do cacete

20 - Greta

21 - Grila

22 - Guarda-jóias

23 - Mealheiro

24 - Nesga

25 - Nêspera

26 - Ostra

27 - Pássara

28 - Passarinha

29 - Pachacha

30 - Pelada

31 - Peludinha

32 - Perereca

33 - Pipi

34 - Pito

35 - Quirica

36 - Raposinho

37 - Racha

38 - Ranhura

39 - Rata

40 - Vagina

41 - Vulva

42 - Katóta (C. Verde) **

43 - Parreca **

44 - Pipirica **

 

 

 Nota: As palavras assinaladas com ** são contribuições de visitantes do blog (ver comentários)

 

 

 Trabalho de um só Carapau é certamente uma obra muito incompleta. Fica portanto aberta (a obra entenda-se, nada de maus juízos) a todas as contribuições que desde já se agradecem. Havendo já aqui muitas contribuições brasileiras, falta uma componente africana que não será de desprezar.

 

Nota final:

                  Não foi fácil a apresentação deste trabalho. Ao relê-lo verifico que pode haver, nalguns casos, duplos sentidos nas palavras. Se acaso isso acontecer creio que, embora lateralmente, só enriquece o estudo…

 

 

  

 

 

publicado por Carapaucarapau às 12:26
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Maria Araújo a 28 de Fevereiro de 2009 às 15:49
Olá. Nunca, mas nunca me passou pela cabeça este post... com a imagem, óbvio.
É que eu fui ao blog do JP, como costumo, e tinha lá um post cujo título era "Pornografia ou obra de arte?".
Estive para editar a mesma imagem no meu blog, mas como há pessoas que poderiam ficar sensíveis e achar pornográfica, não editei.
E eis que a vejo aqui "escarrapachada" como se diz aqui no Norte, no teu blog.
Fartei-me qe rir por que pensei que ias falar sobre sexualidade, mas não! Foste para o sentido mais "pejorativo" do orgão sexual da mulher.
Ainda me rio , sabes porquê? Detesto alguns dos nomes por que ele é designado.
ehehehehehehehehehehehe!
Adorei o teu post.
Quando vi a foto, nem queria acretiar, ehehehehhehe!
Pois, se conseguir saber no português de Africa, quem sabe eu te diga?


De Carapaucarapau a 28 de Fevereiro de 2009 às 18:25
Eu vi que o teu "pejorativo" está entre aspas. Não é essa a intenção do post mas sim mostrar como a lingua portuguesa é rica. Muitos dos termos são puro calão, mas muitos também estão plasmados na literatura. Já tinha compilado estes elementos há bastante tempo, mas foram de facto aqueles dois "acontecimentos" a que faço referência, que me levaram a fazer a publicação agora. E dentro de dias vai haver mais.
Bjo.


De Maria Araújo a 28 de Fevereiro de 2009 às 16:03
Fui à wikipédia e lá consegui encontrar a tadução em Cabo Verdiano : "katóta", ehehehehehehe!
Afinal não é só no narirz, eheheheheheheh!
Beijinho


De Carapaucarapau a 28 de Fevereiro de 2009 às 18:28
"katóta" é uma maravilha. Vai para a lista.
Obgdo pela colaboração.


De Maria Araújo a 28 de Fevereiro de 2009 às 20:29
Eu sei que não fizeste o post em tom pejorativo. Sei que as palavras existem para as usarmos como bem entendermos.
Algumas delas acho-as tão feiinhas!
Esqueceste-te de uma que eu odeio e que aqui no Norte se usa muito com significado , para mim, de sujidade . Aqui vai ela: "parreca" , (rio-me do que escrevo,ehehehehehehe!).


De Tretoso_Mor a 1 de Março de 2009 às 00:11
2xCarapau,

Reconhece-se aqui o extremo cuidado que tiveste em evitar a Santa Inquisição!....

Bom, a qualidade da investigação que levaste a cabo, deixaram-se de boca aberta, perante a variedade de designações que encontraste para o orgão sexual feminino, muitas das quais eu desconhecia.

Conhecia o que a Cantinho da Casa referiu anteriormente e poderei apenas acrescentar um outro, "pipirica"!

Já agora o berbigão que a malta conhecia, era mesmo o cabeludo, mas com o crescimento das deppiladoras, aceito que que lhe tirem o cabelo!... eheheh

Um gandabraço e parabéns por este excelente trabalho.



De Teddy Lover a 3 de Março de 2009 às 17:09
Eheheh...do que te foste lembrar. Gostei. Já conhecia muitos. Gostava de enriquecer a lista, mas francamente, não sei.
Jinhos


De Carapaucarapau a 3 de Março de 2009 às 22:25
A "pipirica" já foi para a lista.
Obgdo.


De Anónimo a 22 de Novembro de 2012 às 20:21
OH Carapau, aquela foto só pode ser mesmo de 1866... que em 2012 eu daria o nome à foto de "mulher barbuda" e até eu se assustaria, mas como há gostos para tudo, quem sabe algum gajo das cavernas ainda se delicie em a olhar, rsrsr...
Li aquela lista imensa, sinceramente como se pode chamar nomes tão horrorosos a uma "coisa" que até é bonita..:-))))
Eu cá continuo a chamar-lhe ternurentamente "Pitinha"...ahahaha achando que a lingua fica toda satisfeita por pronunciar tal palavra...
Estou a escrever a a rir que nem uma maluca, só tu mesmo para te lembrares de 41 designações (que as outras foi com ajuda)

Beijocassssss


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Pó e teias de aranha

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

.arquivos

. Novembro 2018

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds