Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2015

Um post com colaboração

Ao longo do tempo sempre foram citadas frases mais ou menos célebres de pessoas igualmente mais ou menos célebres. Umas dessas citações fizeram caminho e são de há muito do domínio público, outras ficaram mais reservadas e só raramente são citadas. Depois, nisto como em tudo, cada cabeça sua sentença. Assim:

 

Sobre livros aqui ficam dois exemplares:

“A companhia dos livros dispensa com grande vantagem a dos homens” – escreveu o Marquês de Maricá nas suas “Máximas”. (Reparar na curiosidade do nome que “vai bem” com a máxima…).

Já o François La Rochefoucauld, nas suas “Máximas Póstumas”, deixou escrito que “É mais necessário estudar os homens do que os livros”.

Sobre a matemática mais duas sentenças:

“Os números constituem a única linguagem universal” – escreveu Nathaniel West na sua obra “Senhorita Coração-Partido”.

E Bertrand Russell, em “Misticismo e lógica” deixou escrito que:

“A matemática é a única ciência exata em que nunca se sabe do que se está a falar nem se aquilo que se diz é verdadeiro”.

 

Pois também sobre maridos há opiniões. Assim o Jean Moliére na sua peça “Médico à Força” escreveu que “um marido é um emplastro que cura todos os males das raparigas”, enquanto Óscar Wilde disse que “Os homens ficam terrivelmente chatos quando são bons maridos e abominavelmente convencidos quando não o são”. (As más línguas, de que também faço parte às vezes, fazem notar que o Óscar devia fazer parte do grupo do Marquês de Maricá…).

 

Confúcio, em “Os Colóquios” disse: “quem se modera raramente se perde”.

Já Óscar Wilde (que aqui bisa a aparição) escreveu em “Uma mulher sem importância” (confirma-se a teoria das más línguas): “A moderação é uma coisa fatal (…). Nada tem mais sucesso do que o excesso”.

 

E para terminar mais duas citações e desta vez sobre a mulher.

Jules Michelet disse que “O que tortura a mulher não é a tirania do homem, mas a sua indiferença”.

Contrapõe Rudyard Kipling: “A mais tola das mulheres pode governar um homem inteligente”.

 

Desta maneira, resta-me agradecer a colaboração prestada por várias personalidades, que tanto insistiram comigo, para entrarem num post cá do blog.

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.

E tu lince, já alguma vez mandaste alguma boca sobre alguma coisa, ou só sobre a ração?      

publicado por Carapaucarapau às 18:25
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De maria teresa a 8 de Janeiro de 2015 às 21:14
Ainda estou a recuperar de tão sábias palavras!!!!

1- O ideal do casamento é que a mulher seja cega e o homem surdo (é como os três macacos, só falta o mudo)
2- O amor não é um deus, nem um mortal e sim um grande demónio (um demónio que todos gostam de conhecer)
3- Deve-se temer mais o amor de uma mulher, do que o ódio de um homem (eu não quero ter medo de nada)
4- O amigo deve ser como o dinheiro cujo valor já conhecemos antes de termos necessidade dele (depende da quantidade das "massas")
5- Não vivemos para comer , mas comemos para viver (eu devia comer menos, talvez vivesse mais)
6- Aquele a quem a palavra não educar, também o pau não educará ( busílis da questão está no pau)
7- Aquilo que não puderes controlar, não ordenes ( desiste não faças nada)
8- É costume um tolo queixar-se do outro. É costume o sábio queixar-se de si mesmo (há quem nunca se queixe, será um tolo/sábio?)
9- A sabedoria começa na reflexão ( será isso que eu tenho estado a fazer ?)
(...)
A tua missão é descobrires quem disse isto tudo e muito mais, castigo para a preguiça ... fazeres um post à custa dos pobres coitados que até já finaram!

Como ainda estou com espírito natalício, que para mim foi fabuloso, deixo-te montes de beijos operculares, (sou uma perdulária, a dar tanta coisa ainda tenho alguma benesse no IRS)


De Carapau a 11 de Janeiro de 2015 às 16:29
1- Com o mudo era um triunvirato, no caso conhecido como um "ménage à trois".
2- Ele há cada demónio...
3- Até sei quem podia ter dito isto, mas não disse.
4- Amigos e dinheiro são coisas que não "jogam". (Exceptua-se aquele Sr. a viver em Évora, para quem o amigo é/foi/tem sido um mãos rotas...)
5- O ideal seria comer pouco e bom, mas em geral comemos muito e mal.
6- Sim sou pela palavra, mas há ocasiões em que uma boa paulada ajuda muito. :)
7- Variante: não mandes fazer o que não sabes.
8- Tenho essa dúvida a meu respeito. :)
9- Sempre.

Eu sou assim: "apanho-os de costas" e "saco-lhes" o que posso. :)
Quanto a saber quem foram os autores , não sei nada. Até poderás ter sido tu...
Se beijos dessem para descontar no IRS estavamos todos salvos.
Fica aqui um, mas fica a faltar o NIF.


De maria teresa a 11 de Janeiro de 2015 às 17:00
Como dava muito trabalho procurar vários autores, limitei-me a um,foi mais rápido, mais fácil e rendeu, não milhões mas uma resposta divertida!
Desvendando o mistério : SÓCRATES o filósofo, não o OUTRO!

O NIF segue dentro de momentos...

Beijinhos operculares!


De Carapau a 15 de Janeiro de 2015 às 18:54
"Mais vale ter um amigo generoso, do que ter dinheiro" .
Esta frase bem pode ser do "Outro".
Bjo.


De GL a 9 de Janeiro de 2015 às 01:10
Ah, grande Kipling ! Mas se me permites, Kipling que Deus haja, esqueceste-te de acrescentar: e manobrar. Governa e manobra, assim é que está correcto. Michelet ? Um tonto!
Queira o caro parafraseador receber um abraço.
Não quer? Problema seu!


De Carapau a 11 de Janeiro de 2015 às 16:36
Pelos vistos aa menina entende de manobras...
Vou pelo Kipling: governar já contempla manobrar.
Ora governe-se lá com este abraço e veja se é capaz de o manobrar...:)


De Maria Araújo a 9 de Janeiro de 2015 às 14:40
Cinco estrelas, Carapau, mas estas duas confirmo-as:

"O que tortura a mulher não é a tirania do homem, mas a sua indiferença”.
Ai que eu fico danada com a indiferença do homem.!

“A mais tola das mulheres pode governar um homem inteligente”.

Sem dúvida que a mais tola e acrescento "matreira como a raposa" (mas não tem a ver comigo, esta)
Beijinho




De Carapau a 11 de Janeiro de 2015 às 16:42
Das 5* só fico com uma, as outras vão para os autores, a título póstumo.

Eu não seria tão absoluto. Olha se p. ex. fosse eu....rsrsrs

"Matreiras como a raposa" são todalas elas. :)
(Pelos vistos com uma excepção, que mora lá no seu cantinho...) :)
Bjo.


De Labirinto de Emoções a 9 de Janeiro de 2015 às 16:24
Com gripe e tosse... a imaginação foi de férias, como tal, tambem fui pedir colaboração...

Tirando a mulher, o resto é paisagem.”
Dante Milano

Aquele que conheceu apenas a sua mulher, e a amou, sabe mais de mulheres do que aquele que conheceu mil.
Leon Tolstoi

É mais claro que o sol, que Deus criou a mulher para domar o homem.
Voltaire

E agora volto para o quentinho, que a temperatura assim me pede...

Beijinho com máscara, por via dos micróbios


De Carapau a 11 de Janeiro de 2015 às 16:59
O tal Dante Milano escreveu isso um dia em que viu uma mulher a colher florinhas no campo...
A do Tolstoi esteve para ser publicada por mim, mas regeitei-a. :)
O Voltaire... sabia de Ingénuos (mas não era um deles...)
Mas aproveito para deixar aqui uma do Voltaire, escrita no prólogo do Cândido.
Dizia ele: "Falem de mim e do livro nem que sejam para dizer mal. O meu editor é um pobre homem com 5 filhos para sustentar e bem precisa que o livro se venda". (Citado de cor).
Não sei de ninguém que tivesse dito coisas relevantes sobre tosse e gripe, pelo que o melhor ainda é a receita dos 3A: Abifa-te, Avinha-te e Abafa-te.
As melhoras rápidas.
Bjo (fui vacinado) :)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

. Férias/Feiras

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds