Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Palração pegada

Já não sei quando perdi a paciência (se calhar a inocência) para ouvir palradores. “Palram pegas e papagaios” sobre tudo e sobre todos. Alguns palram mesmo sobre os palradores, num circuito fechado da palraria. Eles são palradores, palreiros e palrões a debitar pálreas, palrices e palreiras numa palração desenfreada.

E a técnica é sempre a mesma: se tu palras eu palreio, se tu palreias eu então palro.

Chama-se a isto ter direito ao controverso. Se eu “controverso”, tu tens direito (a palrear, já se vê).

Por vezes também há cacarejares, e os carcarejos são os palreios de quem já pôs ovo (entenda-se, já meteu o ovo ao bolso). Estes são os carcarejadores ou carcarejantes, que dizem coisas de cacaracá, mas parecem doutores catedráticos.

E tenho de fugir para longe se quero ouvir uma pura azoina, um crocito, uma trissa, uma grasna, uma zoa, uma berra, um relincho, uma grinfa (que saudades duma grinfa!), uma zangarreia e sei lá que mais…

Uma cucula, uma pissita, uma boa zizia!

Dos uivos, dos assobios, dos pios, até das farfalhas tenho saudades!

E por aí fora um não mais acabar.

Mas estou condenado a só ouvir palrices e palrações por ilustres palradores!

 

Regouguei sobre política, futebol, culinária, belas artes e malas artes?

Só pililei.

Há muito tempo que não ouço ninguém a falar.

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince. E tu, oh Lince, cala-te que também só sabes roncar.

 

publicado por Carapaucarapau às 21:34
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Maria Araújo a 2 de Outubro de 2014 às 22:41
Mas que trololó!


De Carapau a 6 de Outubro de 2014 às 18:45
É mesmo caso para dizeres isso!
Dá-o a ler á gata para ela te deixar em paz! :)
Já agora ela só mia ou também resbuna, resmoneia, ronca, ronrona, roufenha, rosna e sopra?
Cuidado com ela! :)
Bjo.


De GL a 3 de Outubro de 2014 às 01:18
Vamos lá saber uma coisinha.
Diz V. Senhoria que não tem paciência para palrador, o que me parece da maior pertinência. Mas, por acaso, por mero acaso, pensará que há tempo para consultar no dicionários. para entender as suas palrações?
Valha-o Deus!
Já agora (esta não consta do dicionário) qual o significado de
pililar?
Haja paciência!
Falar, que é bom, não fala.
Ah, vou-me embora!

Hoje não há abraço.


De Carapau a 6 de Outubro de 2014 às 18:56
Um texto tão clarinho, mais que certa água ,e vai a cara comentadora pesquisar os velhos dicionários?
Francamente!!! :)
Paciência é sempre precisa e faz falta sobretudo para aturar palradores, ainda por cima da classe palavrosa. :)
Quanto ao seu grande problema de não saber pililar, eu tiro-lhe já a dúvida. É o que fazem os carapaus quando querem PIPILAR. :)
Entendidos? :):)
Abraço "pililado"


De Mariazita a 4 de Outubro de 2014 às 10:05
Paroles, paroles, paroles...
Sem paroles estou eu, que, depois de cerca de dois meses de ausência, tenho uma falta de traquejo aflitiva.
O que faz um bloguista inveterado quando lhe falha o principal???
Talvez palrar como pega e papagaio, ou cacarejar como galinha, ou... quem sabe... melhor ainda - arrulhar como ternos pombinhos (neste caso pombinha...).
O que não pode, de todo, é gemer como rola inocentinha... esses tempos já lá vão.
Estou mesmo sem inspiração.
Assim sendo, retiro-me de fininho, não sem antes desejar um excelente fim de semana.
Beijinhos


De Carapau a 6 de Outubro de 2014 às 19:02
Digamos que para quem tem falta de traquejo, paroles, paroles não lhe faltam!
Também sou do tempo em que os animais falavam, logo na 3ª ou 4ª classe.
Quantas vezes terei perdido o pio, que aprendi com o mocho e a coruja :))

Quanto ao gemer como a rola inocentinha é que não, agora só ser for com o reumatismo :))

Bjo.


De Labirinto de Emoções a 4 de Outubro de 2014 às 17:39
Oh Carapauzinho, tu vens "debochar" com o meu tico e o teco...( sim, porque activos só estão estes 2, os outros emigraram por ordem do PM) com este palreio arrevesado???

Com que então saudades de "maconha"!!!

Foi apreendido pela policia marítima foi? Bem feito agora fume algas que dizem faz muito bem à pele e entretenha-se a ouvir o canto das cigarras e dos estorninhos...

E não ponho mais na carta que estou de cuculo...efeitos do pó...

Hoje só levas uma farfalha de beijo que o teu pipileio deixou.me exangue..:-))))))))


De Carapau a 6 de Outubro de 2014 às 19:12
Essa da maconha passou-me ao lado, mas também agora não estou a precisar. :)
Quanto a ouvir o "canto" das cigarras e estorninhos vi que apanhaste a "coisa" no ar. Se eu fosse aqui dizer o que a cigarra é capaz de fazer não tinha espaço que chegasse. Faz trinta por uma linha e sobra-lhe tempo ainda.
Mas como nem só de cicios e pissitas se vive, vou cucular para outro lado. :)
Bjo.


De maria teresa a 7 de Outubro de 2014 às 10:39
e as galinhas senhor ficaram assim esquecidas?
as galinhas cacarejam num belo cacarejar!
anunciam o nascimento de um ovo
do qual muito se ouve falar
eu já cacarejei, a vida esse prazer me deu
mas há muitos cacarejos, semelhantes a um palrear

além deste cacarejar eu também sei calcorrear
por estas palavras alinhavadas
com nexus, plexus, sexus y miller a acompanhar
falaste em ovos eu sei, mas desses eu desisti
prefiro agarrar num deles e decidi-lo frigir
frigir, fritar, salgar, salpicar, coelhar, passear, segurar, costear,...

hoje estou cacarejando berrando com o pc
não é que o senhor gajo nas letras “grandes” encravou?

querendo ou não querendo vou acabar deixando um beijo opercular em”grande”, grandioso, luminoso, gostoso, saboroso … !


De Carapau a 9 de Outubro de 2014 às 17:52

As sedas fazem frufru
As galinhas põem ovo.
Os polvos fazem gluglu
Para as bandas de Porto Covo.
Também eu calcorreio
Do verbo calcorrear.
No cavalo ponho arreio
E parto a cavalgar,
Com…plexus e
Nexus do Miller
(O Sexus pode ser meu).
Cada um dá o que tem,
A mais não é obrigado.
Aqui digo amen
E parto pró ovo estrelado.
(O “amen” porque não sou ateu)
E o meu teclado
É bem melhor que teu! :)
Tem maiúsculas que não falham
Minúsculas que são com eu,
Que canto e assobio
E chego mesmo a falar
Quando não perco o pio
E fico a gaguejar.
Agora vou já fugir,
Deixo beijo repenicado
Ficarás a tinir
E eu todo consolado. :)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

. Férias/Feiras

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds