Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2014

Ainda o Miró

 

 

Eu a julgar que o assunto estava morto e enterrado (para mim, já que o “outro” continuará até…sabe-se lá quando) e eis que me vi obrigado a apresentar queixa na Judite, por assalto a “garfo armado”. Pela calada duma destas noites, alguém assaltou o blog e comeu a açorda de camarão. Para isso teve de dopar os dois cães de guarda que lá tinha deixado (ver fotos), para proteger o pitéu.

Repare-se que não roubou a caçarola, comeu o conteúdo e deixou-a, suja e desarrumada. A PJ já levou a dita cuja para recolher amostras, que permitirão determinar o ADN do ladão/comilão. Muito me vou rir, pois vai ser canja a descoberta desta açorda. Será?

Não serei eu a fazer suposições sobre eventuais suspeitos. A PJ disse que todos os que gostam de açorda de camarão são suspeitos. Vão ter um trabalho dos diabos até ao encerramento do processo “por falta de provas” (não sei onde já li isto). Já fui abordado por várias TV’s para entrevistas, mas nem tão pouco lhes permiti que atravessassem a cortina de algas que zelam pela minha intimidade.

Os camarões, coitados, andam tristes por andarem nas bocas do mundo (“bocas do mundo” uma ova, aliás dois ovos, pois isto foi obra de uma boca só). Porquê? Porque só havia um garfo, como mostra a foto junta.

Afirmo desde já que não desconfio de nenhuma das pessoas que aqui vieram e deixaram comentários. Isto é obra de quem entrou sorrateiramente.

O não ter levado nenhuma das obras expostas, todas de altíssimo valor, e ter-se “apropincoado” com a açorda (e note-se que o “aprincoamento” é crime de grau superior), mostra que a sua sensibilidade artística é nula, o que não acontece com os visitantes habituais deste espaço, tudo gente dada às artes (certo que também há as “malas artes”, que é quando se metem os quadros dentro das malas).

A vida continuará, a açorda não será devolvida é ponto assente e para a semana este blog tratará de assuntos bem mais interessantes, que de roubo de açordas.

 

Para não se perder tudo aqui fica esta receita…

 

Açorda à portuguesa

 

   Pão de trigo sem ter sombra de joio,

Azeite do melhor de Santarém,

Alho do mais pequeno e do saloio.

Ponha em lume brando e mexa bem.

 

Sal que não seja inglês, que é remédio.

Toda a criança assim alimentada,

 É capaz de deitar abaixo um prédio....

Quatro meses depois de desmamada....

 

Com este bom pitéu, sem refogados,

Invenção puramente lusitana,

Os ilustres varões assinalados

Passaram ‘inda além da Taprobana......

 

Fortes pela açorda, demos nós aos mouros,

Como se sabe, uma fatal derrota...

E abiscoitámos majestosos louros...

Para os nobres troféus de Aljubarrota...

 

(Autor desconhecido - já publicada num post de antanho)

 

 

 

Elementos de prova, recolhidos pela PJ.

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.        

publicado por Carapaucarapau às 13:50
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De Maria Teresa a 13 de Fevereiro de 2014 às 16:30
Conta lá esta história outra vez e faz um desenho porque eu não percebi patavina... O gato anda a obstruir-me o raciocínio a "modos que" ando com muitas dúvidas, mesmo muitas... andas a gozar "cá ka gente"?
Ou alguém violou a tua caverna?
Chuaaaaaacccc opercular!


De Carapau a 14 de Fevereiro de 2014 às 17:52
A caverna não foi violada. Quem foi à viola foi a açorda de camarão. Pus-me aqui agora a pensar se não teria sido o teu gato. Gato é doido por açordas e camarões (o que não quer dizer que seja um papa açorda...). :)
Vou apresentar o teu nome à Judite, ainda acabas por ser responsabilizada pelo que o gato faz... :)
Bjo.


De Maria Teresa a 14 de Fevereiro de 2014 às 19:43
Meu querido Carapau não ponho as mãos no lume pelo meu gato (nem por ti,mas isso dá para outra história) por isso, podes ter razão. Vê se descobres o marau que se deliciou com a tua açorda pois eu fiquei com a pulga atrás da orelha e noutros sítios, tenho mesmo que a caçar para o meu bem estar (para mal estar já me chega o gato castanho que era tão marau, tão marau, que o coloquei numa gaiola com grades e deitei as chaves fora ).
Saber que ninguém penetrou na tua caverna, tirando uma ou outra marmota sem pedigree, deixou-me bastante tranquila, esta noite vou dormir muito melhor, tranquila, com um sorriso nos lábios.
Cá vai um ósculo opercular desta vez silencioso para ninguém dar por isso!


De Carapau a 15 de Fevereiro de 2014 às 12:49
Engaiolaste o gato? Até eu que não simpatizo "et pour cause" com esses animais, acho um exagero o castigo. Na 1ª oportunidade serra as grades e foge.
Quanto àquela história de não pores as mãos no fogo e ainda por cima isso ser outra história, parece-me serem histórias a mais (só neste periodo já apliquei 4 histórias, contando com esta última). Sou pelos vistos um "historiador".
E pronto. Ao kiss silencioso respondo com outro tb mudo. (Linguagem gestual) :)


De Maria Teresa a 15 de Fevereiro de 2014 às 13:50
Adenda:
- o gato engaiolado não é o gato amarelo... é o outro, aquele que roubava açordas com e sem marisco...
Chuac, chuac, chuaaaaaaaaaac


De Maria Araújo a 13 de Fevereiro de 2014 às 19:57
Olá.
O que é que te conteceu?
Alguém roubou os teus originais Mirós e Pica...assos?
Explica melhor, Carapau.
Beijinho



De Carapau a 14 de Fevereiro de 2014 às 17:56
Em tão pouco espaço e já é a segunda comentadora que não "entrou" no filme. Não foram os Miroses e os Picassos que voaram, foi a açorda: alguém a comeu.
E olha que a tua gata pode estar envolvida no papanço. Será que ela conhece os meus cães de guarda e os subornou? Como estamos em Fevereiro... :)
Bjo.


De Maria Araújo a 14 de Fevereiro de 2014 às 18:47
Quando acabei de ler o post e vi a panela ou lá o que isso é, percebi, mas depois, pensei: "será que plagiou? Ou ele foi plagiado?
Bom, aind bem que não foi nada de grave.
A minha gat não foi porque ela não vai nestas açordas.
Investiga, quem sabe foi a marmota, a maruca ou o bacalhau que tanto gostas.
Beijinhp


De Maria Araújo a 14 de Fevereiro de 2014 às 18:48
Ó Carapau, aumenta a letra na caixa dos comentários, por favor.
Grata.
Beijo


De Carapau a 15 de Fevereiro de 2014 às 12:55
(Parece que não "é mais abaixo" mas mais a cima...)
Já tentei satisfazer o teu pedido, já fiz o que julguei certo mas não resultou. Como no teu blog as letras dos comentários são de facto de maior tamanho, agradeço que me mandes "o roteiro" para fazer essa alteração.
Desde já o meu agradecimento.
Bjo.


De Carapau a 15 de Fevereiro de 2014 às 12:52
Cada vez fico mais admirado com a tua gata. Então nem um camarãozito ela come? Faz-lhe mal ao pêlo?
Que não se mete em açordas já eu calculava...passa a vida no veterinário... :))
Bjo.
(Mais abaixo lê a minha resposta ao teu pedido, sff)


De Maria Teresa a 14 de Fevereiro de 2014 às 19:50
Olha lá ó menino Carapau eu entrei no filme, percebi que a açorda tinha desaparecido, eu li tudo antes de comentar, até li a receita :-).
Nada de conclusões precipitadas...

Toma lá outro ósculo, hoje estou umas mãos largas, deve ser por o São Valentim me ter feito uma partida!


De Labirinto de Emoções a 13 de Fevereiro de 2014 às 21:45
Pobre Açorda apropincoada
Que saltou pras luzes da ribalta
Com um garfo foi comida à dentada
E encheu a pança a alguma malta...

Só ficou um garfo...foi para disfarçar!
Porque os cães também entraram na dança
É para a PJ ter por onde agarrar
Pois aquela açorda...deu uma festança!

As armas e os barões foram assaltados
Nestas ilustres cavernas lusitanas
Neste país os ladrões não são apanhados
E neste caso o "indubio pró reu"...é o tanas

Desconfio de quem foi...mas não me acuso...
Para não me meter em assados
Ser eu a delatora...era um abuso
Ainda ia parar à SIC...nos Apanhados!

Ante de te oscular dou-te um conselho...se juntas a Judite a a Cristina ficas com a caverna de pantanas..))))

Beijocas grandes e sonoras...mu@@@@@@@@



De Carapau a 14 de Fevereiro de 2014 às 18:11
Olha onde me fui meter!
Nesta açorda de palavras.
Agora tenho de responder
Fazendo também umas quadras.

Os cães estiveram na minha tola,
Chegaram até a ser interrogados.
Mas olhando a suja caçarola
Ficaram desde logo ilibados.

Porque se há coisa que cão faz
É limpar o prato onde come.
Ele nisso é um verdadeiro ás.
Lambe-o mesmo sem ter fome!

Nem penses ir à SIC falar
Que a Judite não te deixa.
Não te ponhas a "armar"
Porque já apresentei queixa.

E agora vou ali "aos lados"
Comer o resto dos camarões.
Hoje é dia dos namorados
E eu não sou (ainda) o Camões,

para fazer uns novos Lusíadas
Do tamanho da légua da Póvoa.
Vou-me deixar de mais "píadas",
Porque a quadrar sou uma nódoa!
:))
Bjo.


De Maria Araújo a 16 de Fevereiro de 2014 às 20:06
Ok. Vai à teu mail deste teu canto, Carapau, e eu digo-te como é.


Beijinho


De Maria Araújo a 16 de Fevereiro de 2014 às 20:27
Carapau, não consegui enviar o mal.
Vai ao do msn.
Bj


De GL a 17 de Fevereiro de 2014 às 11:28
Ora muito bem! Temos o antes e depois açorda, basta ver as imagens que encabeçam este post: de um animal saudável, lindo de se ver, passa-se para uma lástima de meter dó. Assim sende, decreto que o autor da açorda seja devidamente punido uma vez que a dita estava envenenada.
Assim:
- abaixo a açorda.
- abaixo o autor da dita.
- abaixo...

Valha-me S. António!
Que venha outro post, e rápido.
Ui, que coisa!...

Abraço ao carapauzito mai lindo da blogoafera!
Quer um babete, quer?


De Carapau a 17 de Fevereiro de 2014 às 14:02
Carapau não usa babete. Tem uma lata de tal maneira estanhada que não se baba com eelogios nem se enfurece com recriminações.
:)
Fiquei com muitas dúvidas (quero dizer exactamente o contrário) sobre quem me terá "ido" à açorda. Então envenenada? Teve dores de barriga. teve? Boa pista me deste...
A PJ foi devidamente informada do teu comentário. :))
Depois levo-te umas laranjas ou um macito de tabaco, conforme o que preferires...
Até lá o abraço do costume (até ser condenado todo o réu é tido como inocente...)
:)


De GL a 20 de Fevereiro de 2014 às 00:54
É só para recordar a V. Senhoria que hoje, HOJE, é dia de post. Não, não é peste, é post!
Que a corte celestial me dê paciência.

Hoje não há abraço. Não quero, não me apetece, doi-me a cabecinha.


De Carapau a 20 de Fevereiro de 2014 às 10:42
Ainda nomeio V. Exa. como minha secretária particular. Agradecido pelo lembrete.
Que Deus guarde a V. Exa. e lhe cure a dor de cabeça.
Amen.


De GL a 21 de Fevereiro de 2014 às 00:18
Não sei como agradecer tamanha gentileza.
Aguardo o envio do contrato para proceder à assinatura do dito
Respeitosamente
A Secretária.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

. Férias/Feiras

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds