Quinta-feira, 30 de Maio de 2013

Poucas palavras

Para que não se diga que a tradição já não é o que era, tenho de publicar um post hoje e só agora me lembrei. Costumo ter um ou outro de reserva, mas desta vez…nikles.

De maneira que (são 17,30 horas) tenho de escrever qualquer coisa para manter a tradição.

Se eu não fosse do tipo de encher chouriços com fraca carne, ficava-me pelo período anterior e estava salva a honra do convento (e quando se salva a honra de um convento é porque alguém lá entrou pela porta do cavalo, para rezar qualquer ladainha com uma freira, partindo do princípio que o convento é de freiras).

Mas como gosto de me esticar, já o estou a fazer e nem se nota.

 

“Para descansar, mergulhou os pés em álcool e acendeu um cigarro. Os médicos dizem que pode sobreviver às queimaduras”.

 

Estas 19 palavras constituem o exemplo dum dos mais curtos contos jamais escritos. Não sou o autor é claro, que eu, com menos dumas 500 não me dou por satisfeito. Feitios…

Já agora fica aqui a informação: foram escritas por um americano, de que não sei o nome. (Informação importantíssima, digo eu agora ao lê-la … e deixo escapar um sorriso).

Duzentas e quatro palavras já escrevi eu até agora e ainda não disse nada. Não está mal de todo.

Já nem quero saber das quinhentas, vou ficar pela metade, que são duzentas e cinquenta palavras, o que vou conseguir se me esticar um pouquinho  mais e acabar aqui.

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.        

publicado por Carapaucarapau às 18:01
link do post | favorito
|
De Maria Araújo a 31 de Maio de 2013 às 18:19
Adoro chouriços, mas não como porque fazem mal.
De quando em vez, e porque não tenho a tua fluência de escrita, encho uns chouricitos, lá no cantinho.´Depende da disposição e do tempo (que não o atmosférico).
Quanto à frase citada, devia ter falado a voz da experiência. Que horror!
Bem, um bom fim de semana.
Beijinho


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

. Férias/Feiras

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds