Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

Passeio por Leiria (2)

     

 

A placa que está junto à Igreja da Misericórdia, entre outras coisas, diz que por ali existiu uma antiga sinagoga. Talvez não por acaso, nas traseiras fica a Travessa da Tipografia, onde existiu a 1ª tipografia “em toda a Hispânia”, que, tudo leva a crer, pertencia a um judeu.

 

 

 

 Assim o atesta o documento, em azulejo, que fica exatamente nas traseiras da igreja da Misericórdia, ou seja, na Travessa da Tipografia.

Perto, numa rua perpendicular a esta Travessa fica a conhecida

 

 

Casa do Arco, uma solução arquitetónica do Arquiteto Ernesto Korrodi, um homem de origem suiça, mas que sempre viveu em Leiria e deixou o seu nome ligado a diversas intervenções arquitetónicas. Servem de exemplo esta casa, a antiga agência do Banco de Portugal na cidade, que também não fica longe desta zona, e uma intervenção no Castelo, entre muitas outras.

Por isso ao lado da Casa do Arco uma placa, lembra-o.

 

Ernesto Korrodi (1889-1944). Os arcos que decoram a parte superior desta lápide invocam os “famosos” arcos góticos por si projetados na intervenção no Castelo e que levantaram, na altura, alguma celeuma.

A meia dúzia de metros, entalada entre duas ruelas que desembocam num pequeno largo fica a

 

 

 

Casa dos Pintores, assim chamada por ser a mais pintada (e fotografada) da cidade. Uma placa num dos alçados laterais da Casa, presta esta e outras informações.

 

É o que diz a placa afixada junto à casa. Ao fundo, lá no alto, avista-se o Castelo e os “famosos” arcos góticos a que me referi atrás (mas que não aparecem nas fotos).

 

Tudo o que aqui se disse e mostrou (bem como no post anterior) fica numa zona muito limitada e antiga da cidade. Zona muito degradada, com a maior parte dos prédios em ruína, mas que está a ser alvo duma intervenção de restauro.

Aqui ficaram algumas pistas para, numa futura passagem pela velha cidade, atrair a curiosidade de quem gostar destas “curiosidades”.

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.        

publicado por Carapaucarapau às 14:01
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Teresa Santos a 20 de Setembro de 2012 às 16:32
Mas que belo cicerone! Obrigada!

E assim, pela tua mão, vou conhecendo Leiria.

Ui, que vontade me deu de ir até lá.
E o gasóleo?
E as portagens?

E...?

E a TSU?

Foge (eu)!

Abraço?
Claro! Abraço ao cicerone mais competente da blogosfera .


De Carapau a 21 de Setembro de 2012 às 13:58
A cidade nem tem muitos pontos de interesse, por isso é de aproveitar o pouco que tem (se algum leiriense lesse isto, lançava-me fogo :))
Para mim só as zonas antigas das cidades têm interesse, o resto é igual em todas elas. Prefiro Vilas (algumas) e aldeias.
Portanto, num sítio onde há pouco que ver, é fácil ser cicerone.
Abraço.


De Maria Araújo a 22 de Setembro de 2012 às 17:29
Carapau, não ando com ânimo para comentar.
Voltarei.
Mas não me esqueço de ti.
Um beijinho.


De Carapau a 24 de Setembro de 2012 às 17:26
Anima-te!
Bjo.


De Tétis a 26 de Setembro de 2012 às 20:22
Olá Carapau

Chego sempre atrasada mas mesmo assim a tempo...

Obrigada pela continuação do roteiro pela parte antiga de Leiria que, logo que possa, irei visitar. Depois contacto-te para meu cicerone... e olha que pago bem!...

Conheço mal Leiria, como te disse no post anterior, costumo ir um pouco mais para norte e vejo-a ao longe, de passagem.

Mesmo sendo uma zona degradada, como dizes, tem, quanto a mim, ainda mais encantos uma vez que conserva mais da sua traça original. A maior parte das vezes, quando restauram e requalificam (palavra que está na moda...) descaracterizam, estragam e deturpam a história original dos locais.

Aconselho-te a continuares como cicerone porque já vi que tens jeito e vocação...

Beijinhos

Tétis



De Carapau a 27 de Setembro de 2012 às 14:59
Já me estou a ver de bandeirinha levantada a gritar "por aqui, por aqui, prestem atenção", mas a verdade é que o roteiro chegou ao fim. Pelo menos este.
Vamos ver como, daqui a uns anos, aquilo estará por lá.
Bjo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Aleluia!

. Dignidade

. Balanço

. Outros Natais...

. A dúvida

. Promessas...

. Pulítica

. O não post...

. Quem sai aos seus ...

. Férias/Feiras

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Contador de visitas

Criar pagina
Criar pagina
blogs SAPO

.subscrever feeds